terça-feira, setembro 22, 2009

O Laboratório de Margô

Pessoal...
Meio na brincadeira, meio pra treinar, meio pra levar a sério, meio pra preencher os espaços vazios do dia e da vida, comecei a escrever um livrinho infanto-juvenil para todas as idades (belo conceito!)
Se você é daqueles curiosos que sempre dão uma surfada em qualquer marolinha da net, por favor, a casa é de vocês: www.laboratoriomargo.blogspot.com. Se você não deu a mínima, agradeço a já louvável leitura desde jabá post. Se você ficou em cima do muro, sugiro que caia para o lado de lá, d'O Laboratório... Quem sabe você não gosta! : )

O que é a história? É a história de uma doutora maluca e seus cinco funcionários. Reza a lenda que eles são capazes de fazer fórmulas "milagrosas" para qualquer tipo de problema. Do mal hálito à Terceira Guerra Mundial... A mulher é phoda!

Pra quem curte nonsense, gibis velhos descompromissados, mistureba, nerdolândia (sem popices claustrofóbicas), falta de localização geográfica e temporal, os quatro elementos, Alice no País das Maravilhas, zen budismo, apelidos, Sessão da Tarde, capítulos curtos e coisas desencaixadas... Seja benvindo, mio fratello!

quarta-feira, setembro 09, 2009

Poema do peão de boiadeiro

Pula, pula o peão!
Rala o saco, assa a bunda
no lombo do boizão!
Pula, pula, se segura!
O tombo é alto,
a vida é curta
- e o chão não é colchão!

Prestenção:
o chifre apontado
quer furar tua fuça.
A pata pesada
quer moer tua nuca.
O touro valente
desce o sarrafo no tenente.
- Em você, então, peão...
(Minuto de silêncio)

Tira o chapéu e reza!
Junta as mão e peça!
Ave Maria, cheia de graça...
Forte que ela atende!

Se não atende,
volta mais tarde,
- se mais tarde,
não for tarde demais.