sábado, janeiro 22, 2011

Fábula

Olhem só...

Um mês e meio atrás, em minha pacata e querida Martinópolis, fui calibrar os pneus. O frentista fez o serviço e notou que o bico do dianteiro direito tava sem a tampinha. Me avisou e perguntei de volta:
- Onde acho pra comprar?
Resposta:
- Ah, pega de um carro que tá estacionado sem ninguém perceber...

Ontem, Ribeirão Preto, meu novo lar. Novamente, fui calibrar os pneus (detesto pneu murcho).
O frentista fez o serviço e perguntei para me certificar:
- Tá faltando uma tampinha aí, né?
- Tá sim.
O cara vai para a dentro do posto, volta em 20 segundos e diz:
- Prontinho.
- O que?
- Peguei uma tampinha pra você.
- E quanto é?
- De graça. Mais alguma coisa?

Moral da história: não estacione seu carro calibrado num posto de Ribeirão em Martinópolis.