quinta-feira, maio 24, 2007

Homem-Aranha 3

E não é que o Aranha Negro é... EMO!!!!

quarta-feira, maio 23, 2007

Sem qualidade

Você já teve um trabalho recusado e ficou contente por isso? Eu tive domingo passado.

Há uns anos, colaboro como resenhista do site especializado em quadrinhos Universo HQ (www.universohq.com). Para esta segunda, em comemoração à marca de três mil reviews, cada colaborador deveria escolher uma HQ que o tenha marcado ao longo da vida, seja pela qualidade, seja pela importância dentro da cronologia de uma série ou por outro motivo qualquer.

Escolhi Cidade de Vidro, adaptação aos quadrinhos da obra homônima do escritor norte-americano Paul Auster, história de que gosto muito, pois tem um texto muito bacana, uma trama que te prende a atenção, além duma arte fabulosa.

E pra eu explicar isso tudo na resenha?

Não consegui! Mas, acabei fazendo uma, mesmo assim. Mandei para o editor com o pé atrás, recomendando que ele lesse e avaliasse se valia a pena ou não publicar, afinal, nunca se sabe quando estamos sendo muito exigentes com nós mesmos.

Para minha surpresa e - de verdade - felicidade, recebi quase instantaneamente um email de resposta. Um outro colaborador já havia enviado uma resenha da obra. Fiquei aliviado.

Na segunda, fui conferir. E, caramba... Como agradeço por ter mandado meu review com atraso! Confiram http://universohq.com/quadrinhos/2007/review_CidadeDeVidro.cfm e vejam se o Diego Figueira realmente não fez um ótimo trabalho. Tudo o que ele diz, assino embaixo.

Meus sinceros parabéns!

domingo, maio 20, 2007

Mais sobre o papa

E, vou dizer: simpatizei com o novo papa!

Suas olheiras antigamente me assustavam. Hoje, as vejo só como olheiras.

Dizem que ele é conservador, anti-aborto, anti-camisinha, anti-gays, anti-drogas... Até trechos em latim ele quer voltar a rezar na missa!

Bom, eu também sou anti-aborto e anti-drogas, por exemplo. Também não me incomo com latim, até gosto e concordo com o professor Joseph Campbell: uma reza em latim nos leva para outro lugar de consciência.

O que gostei no Bento XVI é que ele é objetivo. Ele chegou por aqui e, com meia dúzia de palavras, em todos os discursos e sermões que fez, mostrou a que veio. Outra coisa boa do papa é que ele não é, vejam só, politicamente correto. Ele fala o que gostaria de falar, sem se preocupar se vai agradar x ou y.

Como diz o ditado, "quem fala o que quer, ouve o que não quer". Ele sabe que criticam suas posturas. Mas, dane-se! O mundo também é confronto e, desde que isso não descambe para a agressão e/ou para a imbelicidade, não há mal nenhum nisso.

Se você não concorda com ele, lute contra ele! Se você não concorda em parte com ele, lute contra esta parte! Se você concorda com ele em tudo, siga ele em tudo! Se você concorda com ele em parte, siga ele em parte!

Ele é o papa, porém, no fundo, é só um homem.

quinta-feira, maio 17, 2007

O reino de Deus

Mas, o que eu mais gosto na igreja católica é justamente aquilo que mais gera controvérsia: os santos e santas!

Com eles, a igreja estabeleceu sua própria hierarquia do céu! Numa rápida pesquisa no Google, encontrei duas formas de culto que são admitidas pelos teóricos católicos. A de látria - que é o culto de adoração, devotado só a Deus pai, Deus filho e Espírito Santo - e a de dúlia - que é o culto de veneração, dedicado aos santos.

Maria é a rainha do céu, afinal, segundo a igreja católica, ela é a mãe do próprio Deus. Seu culto de dúlía é tão dúlia que recebe o nome de hiperdúlia. Acima dela vem a Santíssima Trindade, abaixo, os santos.

Tratar o céu como um reino pode não ser uma coisa muito democrática, mas é fascinante. Imagino cada santo com seu pequeno feudo celeste cultivado por anjinhos e pelas boas almas que ascenderam e agora colhem os frutos da nova e eterna aliança. No fim do mês, São Pedro, São Paulo, Santa Bibiana e o resto da galera vão prestar contas ao fidalgo Jesus Cristo. Este aprova, desaprova e toca o barco para que seu país nas nuvens continue próspero.

O interessante é imaginar que não é Jesus quem escolhe seus vassalos - e sim o papa! O papa, por sua vez, não os elege do nada. A dúlia começa no povo. Assim, é o povo que cria aqueles a quem o povo cultua! É um ciclo quase tão perfeito quanto o do carbono na atmosfera.

Lógico, mais da metade da população terrestre não tá nem aí pra isso. Nem é pra tá mesmo. Só é pra tá se você se importa com o assunto.

A mim, me resta as coisas que escuto e que, se gosto, reconto.

segunda-feira, maio 14, 2007

O mistério da fé

Nós católicos somos estranhos. Não é mórbido que um chefe de estado e líder espiritual de 80 anos, coberto dos pés à cabeça com os panos mais finos e limpos, sustente e ostente sua fé na imagem de um jovem carpinteiro semi-nu, banhado em sangue, pregado morto numa cruz?

domingo, maio 13, 2007

The book is on the table

E em homenagem à visita do nosso querido Bento XVI, ontem comecei a ler... O Exorcista*!!!


* que tem um primeiro capítulo bem sem-graça.

O retorno

"Hou da barca, quem lá vem?"
É o Eita Peste! voltando, direto do além!
Mais de três meses sem postar! Férias, vida de burguês... Escrever dói os dedos e maltrata a cabeça!
Contudo, bateu a saudade e um dia bom. Assim, tamo de volta!
O Papa veio e já foi embora. O São Paulo se ferrou, o Palmeiras ganhou e o Felipe Massa também (mas, eu ainda torço pro Rubinho!)... Esse é o Brasil do futuro!
Só me falta arranjar um emprego, porque as férias foram forçadas... Jo quero ser desenhista! E se você quer também, prestigeie: www.lucaslourenco.blogspot.com.

Abrasso!